segunda-feira, janeiro 11

Sherlock Holmes, 2009


Uma releitura do clássico das histórias de detetive, “Sherlock Holmes” se mostra um dos melhores filmes que surgirão esse ano. Guy Ritchie parece ter melhorado muito sua técnica desde sua separação com Madonna. Depois do pouco aclamado “Destino Insólito”, o diretor repete o sucesso que fez com “Jogos, Trapaças E Dois Canos Fumegantes”.

Sherlock Holmes é uma deliciosa surpresa para quem esperava um filme desfigurado e desconjuntado. A atuação de Robert Downey Jr supera qualquer expectativa. Como Sherlock ele desenvolve o papel de um detetive astuto, inteligente e extremamente ágil com as mãos. Seu fiel escudeiro, Dr. Watson brilhantemente executado por Jude Law, tem uma nova roupagem. Ao contrário da imagem convencional que temos do médico, neste filme ele é Jude Law. Acho que não preciso falar mais nada.

A história de detetive criado por Sir Arthur Doyle tem seu conteúdo principal mantido. Sherlock tem dessa vez, um motivo a mais para se preocupar pelas agitadas ruas de Londres. Agora, ele deve lutar contra um misterioso conde que rapta e assassina mulheres londrinas utilizando magia negra e técnicas nada convencionais. O problema de Sherlock não será prendê-lo e sim entender o porquê de seus atos e quem realmente está por trás de tudo isso.

Com cenas de lutas fascinantes, uma arte e fotografia de cair o queixo e músicas envolventes, o Sherlock Holmes de Guy Ritchie tem muito mais o que mostrar e que não está nos livros e filmes tradicionais. Minhas primeiras ***** do ano!

Um comentário:

ALIMAC disse...

To SUPER afim de ver esse filme.
Parece ser ótimo, apesar de aparentemente colocar o Sherlock Holmes num ambito meio Hollywoodiano.

Tem o Jude Law *-*

www.teoria-do-playmobil.blogspot.com