segunda-feira, maio 25

Angels & Demons, 2009



Cheio de verossimilhança, Ron Howard nos apresenta um filme de tirar o fôlego. O diretor de The DaVinci Code (O Código DaVinci) já tinha provado que era um grande profissional, capaz de tornar as histórias mais ilusórias, nos perfeitos relatos realistas da antiguidade.

Angels&Demons (Anjos e Demônios) é encantador, cheio de mistério, ação e informação. O simbologista Robert Langdon tem em suas mãos um novo mistério. O reaparecimento de uma organização atéia considerada extinta há centenas de anos, que é considerada responsável por sequestros, mortes e atentados terroristas contra o Vaticano.

Com a morte do papa, o Vaticano entra em votação, para eleger o novo líder da maior religião do mundo. A Praça de São Pedro para, totalmente envolvida com a escolha do novo Vigário de Cristo. Quando os quatro preferiti são sequestrados e uma pesquisa científica superperigosa é roubada, o simbologista e uma cientísta são chamados para proteger o país, e principalmente, a integridade da religião.

Quando sentei na poltrona, tinha em minha mente a visão de um trailer envolvente, mas o que me prendeu nela foi justamente a capacidade de Ron Howard de transformar o roteiro do livro, considerado uma cultura de massa perfeita, em um emaranhado de informações importantes, com as quais não se pode julgar ou criticar qualquer religião ocidental.

A visão que fica do Vaticano, é justamente a mais imparcial possível por nos provar que qualquer tipo de organização onde existe política, existe corrupção e jogo de poder, mas em contrapartida, nos apresenta uma visão magnífica de como a fé pode tornar as pessoas otimistas e pode apagar qualquer rastro de decepção.

Tom Hanks dispensa comentários, conseguiu superar brilhantemente sua atuação em The DaVinci Code, que na minha opinião ficou entre "bom" e "regular" na escala. Nesta película, ele consegue te levar do céu ao inferno, junto com o roteiro.

Stellan Skarsgård (Pirates of the Caribbean: At World's End) encanta. Já tem uma característica marcante incomparável, que te faz lembrar dele em qualquer papel que faça (palmas ao Jr.). E não poderia deixar de citar a bela Ayelet Zurer (Victoria Vettra) que, ao contrário de Audrey Tautou, age e pensa como uma verdadeira heroína.

Em suma, Angels&Demons é um filme para pensantes, mas fácil de ser assistido. Nota 10.

2 comentários:

Marcia Gullo disse...

Eu to louca pra ver esse filme...mas aqui em casa, sabe como é né??? tenho que esperar sai em DVD pra poder assistir sossegada!!!!!

Bejus linda e inte.

Obs.: a carinha nova do blog ta tudo de filme, heim???!!!

Fernando McLane disse...

Bom livro, filme melhor ainda
achei bem fiel, e a atuação do Hanks tá 10 vezes melhor que no Código (sem mencionar os mullets)
ansioso pra ver o review do Terminator 4